quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Receita de Cerveja Caseira - Weissbier


A receita de hoje é para quem curte uma cerveja de trigo um pouco mais laranja do que branca. Essa receita eu venho aprimorando e já a produzi oito vezes. A cada brassagem eu fiz um ou outro ajuste mas nessa última pretendo não mudar mais. Sendo assim, segue a receita da Alpina, cerveja de trigo da Monich Bier. 

A receita é para a produção de 20 litros:

MALTES:
Pilsen             2,20 Kg
Trigo maltado  2,50 Kg
Carahell          0,38 Kg
Acidificado     0,10 Kg
Caraaroma      0,02 Kg
Carapils          0,10 Kg

Moagem feita no moedor de mão mesmo, no braço. 

MOSTURA:
17 litros de água mineral.
Iniciei esquentando a água até 45˚C
Coloquei os maltes.
Mantive em 42˚C por 10 minutos
Elevei para 50˚C e mantive por 15 minutos
Elevei para 55˚C e mantive por 10 minutos
Elevei para 66˚C e mantive por 30 minutos
Elevei para 68˚C e mantive por 30 minutos
Subi para 78˚C e mantive por 15 minutos

RECIRCULAÇÃO:
Fiz a recirculação com uma jarra e escumadeira, umas dez vezes e a jarra era de 2 litros.

LAVAGEM:
Utilizei 18 litros de água mineral para a lavagem

FERVURA E LUPULAGEM:
Preparei para uma fervura de 75 minutos
08 gr. Perle  faltando 60 minutos
05 gr. Perle faltando 30 minutos
10 gr. Perle faltando 15 minutos


RESFRIAMENTO:
Utilizei dois chiller para o resfriamento. Um em um balde com gelo e outro dentro da panela. Somente água passando por dentro dos chillers.
Consegui passar uns 18 litros para o balde de fermentação.
OG = 1,058

FERMENTAÇÃO E MATURAÇÃO:
Utilizei o fermento WB06
Deixei o balde fermentando em temperatura controlada de 18˚C por 5 dias.
Baixei a temperatura para 0˚C por 2 dias.
Fiz a troca de balde e deixei maturando por mais 5 dias em 10˚C por 5 dias.
Baixei a temperatura novamente para 0˚C por 2 dias.

PRIMING:
Utilizamos 9 gramas de açúcar mascavo por litro.

ENVASE:
Conseguimos envasar 27 garrafas de 600 ml.
Uns 16 litros.

RESULTADO:
Após 10 dias refermentando na garrafa, esse foi o resultado.
FG 1,012










Essa é a cerveja que os meus amigos mais pedem para eu fazer. Primeiro porque não é tão amarga e também porque é bem refrescante. Mesmo sendo um um apaixonado por lúpulos também sou apaixonado por cervejas de trigo. E essa eu fiz do jeito que eu gosto.

Sigo eu, melhorando as receitas e buscando novos sabores. Sempre com a ajuda dos amigos e, principalmente, da família.

Até o próximo.

84 comentários:

  1. Vc refermentou a que temperatura na garrfa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, muito obrigado pela visita e pela pergunta.
      Refermentei entre 16 e 18 graus.
      Em média o tempo para refermentar na garrafa é o mesmo que ficou maturando.
      Então, se ficou duas semana maturando, vai levar duas semanas para refermentar na garrafa.
      Um abraço.

      Excluir
    2. Monich estou coma mis uma dúvida, Domingo agora já vou fazer o envaze e pelo que vi na receita vc usou açúcar mascavo para o primming, porém vc inverteu ele, caso sim qual a proporção de água que vc usou. Você colocou o primming direto no fermentador e misturou, ou colocou aos poucos em cada garrafa, vc poderia me detalahar bem esse passo, pois ja está quase pronta a minha cerveja e assim que ficar pronta estarei postando no seu blog os resultados. Ah me chamo Rodrigo e sou de São Paulo capital.

      Excluir
  2. PARABENS PELA CERVEJA SO DE VER ESTÁ UMA DELICIA. Gostaria de saber onde compro os ingradientes para fazer minha cerveja meu email é: bsbrindes@yahoo.com.br
    Grato
    Josias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josias, obrigado pela visita e pelo comentário.
      Você vive em qual cidade?

      Excluir
  3. Bela receita, parabéns, vou acompanhar seu blog, sou iniciante na arte e gostaria de algumas dicas ok.
    grato. Alberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alberto, muito obrigado pela visita e pelo comentário.
      Fique a vontade para pedir ajuda.
      Um abraço e boas cervejas.
      Monich

      Excluir
  4. Olá Monich estou querendo fazer a tua receita e estou com uma duvida sobre o trigo maltado eu apenas encontrei o malte de trigo claro, agora não sei se é a mesma coisa ou muda algo, gostaria que você me passasse o lugar de onde compra pois não acho.
    Obrigado fico no aguardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus, é isso mesmo.
      Coloco trigo maltado na receita mas é a mesma coisa que malte de trigo.
      Tem outras receitas em que podemos utilizar o próprio trigo em grão, sem maltar. Uso em uma witbier, por exemplo.
      Eu compro meus insumos aqui em Joinville na MasterBrau e na WE em Porto Alegre.
      Mas você encontra o malte de trigo em qualquer loja de insumos.
      Depois conta como ela ficou.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  5. Olá Monich

    Obrigado pela respostas estou esperando os ingredientes hehehehe, estou com um problema é onde que vou maturar a cerveja pois acho q no cooler sera que vai manter a temperatura? você matura como Monich? pois pode deixar que te falo sim como que vai ficar hehehehehe ate mais Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Mateus, hoje tenho um freezer e dois refrigeradores usados para fazer a fermentação e maturação. No verão é mais complicado fazer sem refrigerador. Mas quando eu não tinha colocava o balde em um isopor grandão com garrafas de gelo. Trocada as garrafas duas vezes por dia para tentar manter mais refrigerado. Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Obrigado Monich amanha estarei fazendo a minha primeira beer ehehehhe vou fazer nesse processo que você falou do isopor, vamos ver como que vai ficar a primeira leva Obrigado pelas dicas Monich

    ResponderExcluir
  8. Monich estou com uma duvida sobre a temperatura caso minha temperatura fique variando Exp: fermentação você fala de 16 a 18 graus e depois 0 graus caso minha fique em torno de 0 a 5 graus vai ter alguma diferença no gosto tanto da fermentação como na maturação,
    caso nao queira responder aqui pode me passar pelo e-mail mateusmmexport@hotmail.com ok Obrigado Monich

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus, muito bom dia.
      Seguinte, pelo que percebo a variação entre 0 e 5 graus não afeta sabor nem aroma porque a levedura, nessa temperatura, não trabalha mais. Ela fica adormecida.
      O que acontece é que, quanto mais perto do 0 mais os sedimentos vão baixar no fermentador/maturador. Ou seja, ela vai ficar mais límpida.
      Só cuida para não congelar e você não perceber na troca de baldes.
      Aconteceu comigo essa semana.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  9. Monich, boa noite. Vou fazer minha primeira leva de weissbier e tenho uma dúvida: nas cervejas ales o objetivo é obter uma cerveja límpida. Já a weissbier deve ter um pouco de fermento na garrafa. Como é feita esta etapa, para deixar o fermento na garrafa? Abraços e saudações de Santos-SP. Antonio Augusto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orselli, muito obrigado pela visita e pelo comentário.
      Essa parte é feita no envase.
      Vamos precisar de gás na garrafa para a cerveja não ficar "choca".
      Para isso fazemos um processo de Priming. Inicialmente, para facilitar, fazemos com açúcar invertido. Em média, de 5 a 8 gramas de açúcar por litro de cerveja. Pesquise bem sobre o assunto pois é necessária uma boa matemática e realização de cálculos para evitar que a cerveja fique pouco ou muito carbonatada.
      Qualquer coisa, envie o e-mail para mim marcelo.ricardo.monich@gmail.com
      Esse priming consiste em colocar uma solução de açúcar na garrafa para uma refermentação.
      Essa refermentação vai gerar a multiplicação de fermento no fundo da garrafa.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço e saudações de Joinville para você também.
      Monich

      Excluir
    2. Bastante didática sua explicação. Parabéns. Pode me indicar onde encontrar trigo maltado? Estou em Salvador.
      Um abraço,
      Demetrius

      Excluir
    3. Demetrius, muito obrigado pela visita e pelo comentário.
      Eu faço minhas compras aqui em Joinville mesmo com o Dorval da Masterbrau.
      http://dorvalcampos.wix.com/masterbrau1
      Dorval Campos
      47 99513379
      dorvalcampos@hotmail.com

      Ou ainda em Porto Alegre na WE http://www.weconsultoria.com.br/

      Mas você deve encontrar alguma loja na sua cidade ou região.
      Uma dica é procurar a ACERVA da sua região.
      http://acervabaiana.wordpress.com/
      Depois diga como ficou sua cerveja.
      Um abraço e saúde.
      Monich

      Excluir
  10. Boa noite!
    Parabéns pela receita!

    Gostaria de saber o que é OG e Fc.

    Além disso, essa receita é basicamente a mesma das cervejas artesanais de trigo que encontramos por aí? Nelas, também sinto um leve sabor de banana...

    Obrigado

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Dá pra fazer com os lúpulos Hallertau Magnum e Golding, camarada?
    Abraço.

    Gustavo BH/MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, obrigado pelo acesso e comentário.
      Sem dúvida que sim.
      Mas lembre-se de verificar o % de alfa ácido desses lúpulos para calcular a quantidade a ser utilizada.
      Qualquer dúvida, posta por aqui.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  13. Bom dia amigo!

    Achei sensacional o seu blog. Estava procurando uma receita para fazer minha primeira cerveja em casa e vou fazer a sua receita! Muito precisa e didática. Mas tenho algumas perguntas quanto ao sabor final. Puxou bastante banana e cravo, pão cru? Para eu ter uma idéia! E esse lúpulo que vc usou? Sempre vejo nas receitas de cerveja de trigo, lúpulo Hallertau. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi. Obrigado pela visita e pelo comentário.
      O que vai determinar a existência e predominância da Banana ou do Cravo é o fermento utilizado e a temperatura de fermentação.
      O WB06 dá essa banana e Cravo e o toque de fermento e pão.
      Se quiser mais banana, fermenta em uma temperatura um pouco mais alto, acima dos 18 graus. Se quiser mais cravo, fermenta abaixo dos 17 graus. Lembre que após a resfriação do mosto via chiller ou placa o ideal é esperar o mosto reduzir a temperatura para 17 graus na geladeira para inocular o fermento.
      Avisa aqui como ficou.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
    2. Vlw mesmo pela explicação! Vou avisar sim, com certeza, se tiver seu endereço até mando uma! :) Mais uma pergunta, como moro em apartamento, vou fazer apenas 1/2 receita (10 litros), e dei uma lida sobre a produção com Grain Bag. Vc recomenda? Caso seja possivel fazer com grain bag, existe alguma correção nas litragens de agua a ser feita? Obrigada. Att, Daniela Moura

      Excluir
    3. Oi Daniela.
      Conheço grain bag. É uma técnica realmente utilizada por quem tem pouco espaço. É conhecida como BIAB - Brewing in a Bag. Nunca fiz dessa forma, mas acredito que funciona. Tem vários vídeos explicando como fazer. O ponto de preocupação é que você vai precisar levantar essa sacola com os grãos. E lembre-se que os grãos estarão bem encharcados, então o peso é maior do que o original, só dos grãos.
      Quanto as correções de medidas em função da sua redução de litragem e do processo (BIAB) o ideal é utilizar um software para os cálculos. Eu uso o Beer Smith mas tem outros free.
      Se cortar pela metade não vai dar errado, mas pode ficar um pouco mais alcoólica, ou menos amarga, etc..
      O ideal é simular no software mesmo.
      Vc está pensando em repetir essa receita? Se sim, posso tentar ajustar para vc e enviar as quantidades. O que acha?
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
    4. Olá! Já providenciei uma panela com bazooca, para nao ter erro. Qt a receita, se vc pudesse me ajudar ficaria mt grata! Obrigada. Dani

      Excluir
    5. Oi Dani.
      Simulei no software e segue sugestão:

      MALTES:
      Pilsen 1,10 Kg
      Trigo maltado 1,20 Kg
      Carahell 0,15 Kg
      Carapils 0,05 Kg

      MOSTURA:
      10 litros de água.

      LAVAGEM:
      Utilizei 08 litros de água para a lavagem

      FERVURA E LUPULAGEM:
      Preparei para uma fervura de 75 minutos
      03 gr. Perle faltando 60 minutos
      03 gr. Perle faltando 30 minutos
      03 gr. Perle faltando 15 minutos

      Qualquer dúvida, avisa aí.
      Saúde!
      Monich

      Excluir
  14. Olá Monich, tudo bem? Cara, sua weizen parece ótima. Boa espuma, coloração linda. Eu sou leigo no assunto, nunca fiz minha própria cerveja, não por falta de vontade mas por falta de conhecimento. Já pesquisei muito sobre o assunto, mas parece que quanto mais pesquiso, mais surgem dúvidas em minha cabeça. Gostaria de saber se por acaso você não poderia tirar algumas dúvidas que tenho, pois acho que nada como conversar com alguém que já tenha experiência no assunto. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chady, muito obrigado pelo contato.
      É claro que posso ajudar sim.
      Você pode postar suas dúvidas aqui ou ainda enviar e-mail para marcelo.ricardo.monich@gmail.com
      Que tal se preparar e reproduzir essa Weizen?
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
    2. Seria realmente um sonho realizado. Estou com a intenção de fazer para o fim de ano, se não der tempo, quem sabe não começo o ano tomando boa cerveja...kkkkkkkkkkkk
      Vejamos se entendi direito, vc usou 35 litros de água para a produção de 20 litros de cerveja? E essa lavagem é quando vc filtra o malte e joga mais água nele, é isso? Outra coisa: tenho um panela de alumínio em casa se não me engano de 32 litros, posso fazer só com ela ou realmente preciso de outra, se não, posso começar produzindo tipo com panelas de 3 litros para teste, caso sim as medida é só dividir por 4 ou tenho que usar outras medidas? Desculpe a quantidade de perguntas e obrigado pela atenção.

      Excluir
    3. Chady, de água é isso mesmo. Uma parte na mostura e outra na lavagem.
      Lavagem é isso mesmo, você coloca a água quente para extrair o máximo do malte.
      É possível fazer cerveja com uma única panela, mas dá mais trabalho. Há uma técnica conhecida como BIAB (Brewing In a Bag) que pode ajudar, mas o ideal são duas panelas.
      Pelo tempo de produção, que é em média de 6 a 8 horas, fazer 5 ou 30 litros dá o mesmo trabalho.
      Então, sugiro você montar um equipamento básico.
      Se for fazer volume menor precisa ajustar as quantidades em um software de simulação de receita como o BeerSmith
      Envie um e-mail para marcelo.ricardo.monich@gmail.com que envio uma apostila que temos.
      Um abraço e saúde!
      Monich

      Excluir
    4. E-mail já sendo enviado. Outra dúvida, o que acontece por exemplo seu eu trocar o malte pilsen por pelo malte munich ou mesmo malte pale ale, o que isso vai mudar em minha cerveja. Ou ainda o que acontece se pra essa mesma quantidade de água eu usar uma quantidade maior de malte? Faça também a mesma pergunta em relação ao lúpulo. Em relação a esse trigo maltado, não é o mesmo do que o trigo em flocos, certo? E qual a diferença entre eles? Abraços e Saúde!!!

      Excluir
    5. Chady, vamos lá.
      É importante entender que os maltes especiais têm um custo bem maior que o Malte Pilsen.
      O malte Munich dá uma característica final mais "maltada". Se esse é o efeito que você deseja, pode utilizar.
      Já o malte Pale Ale vai alterar bem a cor da cerveja para mais laranja, e um gosto mais adocicado e caramelado.
      Mas malte, com a mesma quantidade de água, faz automaticamente com que você tenha uma cerveja mais encorpada e mais alcoólica.
      Mais lúpulo, dependendo em que momento for colocado na fervura, traz mais amargor, sabor de lúpulo e aromas. Demais pode desequilibrar.
      TRigo em flocos é bem diferente de Trigo maltado, inclusive no sabor, Além disso uma grande quantidade de trigo em flocos pode entupir o filtro e gerar um "grande" problema durante a produção.
      Tendo mais dúvidas, vai publicando aqui.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
    6. Com certeza isso já me ajudou bastante. Como pretendo reproduzir sua receita, acho legal estar informado sobre o assunto. De repente faço alguma cerveja e achei que tudo ficou bom, porém a quantidade de alcool ficou pouca, agora sei como na próxima leva aumentar por exemplo. Muito boa a explicação, agradeço de coração. Abraços e saúde

      Excluir
    7. Você acha tranquilo eu começar com uma cerveja dessas ou melhor com uma outra por exemplo a belgian blond ale que aparentemente é mais fácil pois só vai o malte pilsen?

      Excluir
  15. bom dia Parabens; voce teria uma receita tipo stout ou russian imperial stout . gostaria de tentar fazer la fico grato por sua atençao;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, obrigado pelo acesso e comentário.
      Não tenho pronta mas posso preparar. Faça um comentário aqui e coloque o seu e-mail que envio para você.
      Um abraço e saúde.
      Monich

      Excluir
  16. Marcelo Monich, Boa Noite!
    Gostei muito da sua receita principalmente pela quantidade de vezes que vc já fez... Vou fazer a brassagem esse sabado, mas tenho uma dúvida!
    Na receita vc utilizou 20g de malte caraaroma é isso mesmo? Essa pequena quantidade vai influenciar no sabor ou na cor?

    Obrigado e abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme, muito obrigado pelo contato e pelo acesso.
      Isso mesmo, o caraaroma é um malte especial, Nesse caso realmente eu utilizei somente para ajustar um pouco a cor. Gosto das Weizen um pouco mais laranjas. Sim, 20g é suficiente. Mas você pode repetir a receita sem esse malte, sem problemas.
      Um abraço, boa brassagem e saúde!
      Monich

      Excluir
  17. Olá amigo, eu realmente estou fascinado com as cervejas artesanais e pretendo fazer uma de trigo, e gostaria de fazer 12 litros, pois minha panela é de 17 litros, quanto vai de malte?? em kilos, gostaria de fazer meio trigo maltado e meio Pale Ale, na parte de fermentação qual fermento usar e como colocar ele, vou fermentar a 18 graus, e na lavagem do malte, quantos litros eu tenho que esquentar para acrescentar na lavagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Theodoro, muito obrigado pelo contato e pelo acesso.
      Eu usaria 1,4 Kg de Pale e 1,4 Kg de Trigo maltado. 4g de Perle faltando 45 minutos, 4g de Perle faltando 20 minutos e 4g de Perle fantando 5 min.
      12 litros de água na mostura inicial e mais 9 na lavagem.
      Eu gosto do fermento WB06 mas você pode procurar o Munich ou outro, dependendo do que você deseja de resultado.
      18 graus é uma boa temperatura para uma Weiss. Você prefere o gosto de cravo ou de banana na Weiss?
      Um abraço, boa brassagem e saúde.
      Monich

      Excluir
  18. Opa Munich, tudo bem? Cara, pretendo fazer tua receita nesta terça feira, porém estou com algumas duvidas.

    Eu tenho um caldeirão com fundo falso nº 36, eu teria que ter mais uma panela para fervura de quantos litros?

    Troca de baldes, isso significaria que eu teria que ter dois baldes fermentadores correto? No caso, eu tenho um só, essa troca é necessária ou consigo fazer somente com um balde?

    Essa baixa de temperatura em dois dias, se caso eu não fizer ela, o que mudará na cerveja?

    e a mais importante, como é feito o priming?

    Obrigadão aí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Leonardo, muito obrigado pelo acesso e pelo comentário.
      Vamos por partes.
      Tudo depende de qual volume você pretende fazer. Uma única panela de 32 litros dá para fazer 20 litros de cerveja, mas vai dar mais trabalho com uma panela só.
      Quanto a troca de baldes, sugere-se sempre dois. Um para fermentação. Daí nos dois últimos dias baixamos bem a temperatura para deixar a cerveja mais límpida. Em seguida trocamos para o balde de maturação. Dá para fazer tudo em um balde só também, baixando a temperatura e deixando maturar no mesmo balde. Vai de cada um.
      A baixa de temperatura é justo para deixar a cerveja mais límpida possível.
      Quanto ao priming, nesse precisa ser bem cuidadoso. de 5 a 8 g de açúcar por litro de cerveja, dependendo do estilo. Calcule o seu volume de cerveja no balde, multiplique pela quantidade de gramas de açúcar por litro que decidiu, Coloque para ferver utilizando o mesmo volume de água ou um pouco mais. Exemplo, deu 80 gramas de açúcar, coloque 100 ml de água. Deixe ferver por 5 minutos mexendo sempre. Pingue umas 4 gotas de limão durante a fervura. Deixe esfriar e misture com a cerveja antes de envasar.
      Qualquer dúvida, envie um e-mail para marcelo.ricardo.monich@gmail.com
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  19. Olá Monich! Aqui é a Daniela, vc me passou a receita para 10l da Alpina! Abri a 1a garrafa ontem e ficou incrivel, estou que nem crianca pequena! kkkk

    Obrigada mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela, que EXCELENTE notícia.
      Que bom que deu tudo certo.
      Fez todo o processo certinho? Teve dificuldade em algum ponto?
      Um grande abraço e saúde.
      Monich

      Excluir
  20. Bom dia Monich, e parabéns pela bela receita. Será a minha próxima. Mas ficou uma dúvida. No tópico da Fermentação e Maturação você escreveu:

    "deixei maturando por mais 5 dias em 10˚C por 5 dias"

    Não entendi direito. Foi um erro de digitação ou você maturou por 5 + 5 = 10 dias?

    Grande abraço.
    Filipe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi Filipe.
      Muito obrigado pela visita e comentário.
      Realmente foi um erro de digitação.
      Mas você pode maturar por mais dias, sem problemas.
      Avisa aqui como ficou a cerveja.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  21. Prezado Monich boa noite. Meu nome é Sérgio e achei sua receita de cerveja de trigo sensacional. Estou iniciando nesta arte de cerveja artesanal e comprei um kit pequeno para começar o aprendizado. Sou fã #1 de cerveja de trigo e gostaria de inciar minha produção caseira com esta sua receita. Mas tem só um probleminha: meu kit é de apenas 5 litros de produto final e sua receita é para uma produção de 20 litros. Baixei o software que você mesmo comentou anteriormente aqui, o Beer Smith. Mas como não tenho muitos conhecimentos ainda, não consigo redimensionar sua receita no software. Você poderia fazer a gentileza de redimensionar sua receita para minha realidade de 5 litros e postar aqui mesmo, nos comentários? Por favor!!!
    Desde já agradeço e um abraço.
    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, muito obrigado pelo comentário e pelo acesso.
      Que bom que teremos mais um cervejeiro caseiro.
      O Beer Smith é muito bom, mas realmente precisa um pouco de prática para aproveitar todas suas funções.
      Fiz uns ajustes aqui para sua produção de 5l.
      Veja se você consegue fazer assim:

      MALTES:
      Pilsen 0,50 Kg
      Trigo maltado 0,65 Kg
      Carahell 0,06 Kg
      Carapils 0,02 Kg

      MOSTURA:
      5 litros de água.

      LAVAGEM:
      3,6 litros de água para a lavagem

      FERVURA E LUPULAGEM:
      Preparei para uma fervura de 75 minutos
      2,0 gr. Perle faltando 60 minutos
      1,5 gr. Perle faltando 30 minutos
      1,5 gr. Perle faltando 15 minutos

      Espero que fique boa.

      Qualquer dúvida, avisa aí.
      Meu e-mail é marcelo.ricardo.monich@gmail.com
      Saúde!
      Monich

      Excluir
    2. Wooo Monich, show de bola mesmo!!! Sabia que poderia contar com sua ajuda!!! Você realmemte é um camarada autruísta!!! Depois conto como foi o resultado. Muito obrigado e abraços!!!
      Sérgio.

      Excluir
  22. Prezado Monich, boa tarde. Tenho mais uma dúvida. Eu preparei uma receita de cerveja stout que veio juntemente com o kit que comprei dr produção de cerveja. Na receita não explica quantos dias são necessários para a maturação na garrafa, depois de adicionado o priming. Eu li em um dos seus comentários acima que geralmente o tempo de maturação na garrafa é o mesmo de fermentação no balde, correto? Minha receita de stout ficará por três dias no balde fermentando. Isso quer dizer que ela ficará na garrafa por mais três dias? Isso está correto?
    Desde já agradeço e um abraço!!!
    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, muito bom dia.
      Eu acho muito pouco tempo de fermentação só 3 dias.
      Sugiro você deixar, pelo menos 7 dias.
      Se deixar três dias vai sobrar muito açúcar residual e sua STOUT não vai "secar" que chega e também vai acabar ficando mais adocicada.
      O tempo de "refermentação" na garrafa para gerar gás suficiente, utilizando a técnica de priming é normalmente de 7 a 10 dias.
      Quando você matura a cerveja por muito tempo, esse tempo de refermentação também pode ser maior, principalmente porque na maturação muito do resíduo de levedura acaba sendo depositado no fundo do balde. Com isso, sobra pouca levedura que acaba demorando um pouco mais para trabalhar.
      Na minha opinião você deveria fermentar, pelo menos 7 dias, maturar por mais 7 ou 10 e só depois engarrafar.
      Qualquer coisa, estamos por aqui.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  23. Entendi Monich. Mas agora surgiu mais uma dúvida! Desculpe ficar te sugando, mas você comentou em maturar por mais 7 dias e depois engarrafar. O "maturar" significa mudar de balde certo?! Se sim, como eu devo proceder? Despejo de um balde para outro diretamente, aproveitando todo o conteúdo do balde, ou devo utilizar a torneira no fundo do primeiro balde para transferir para o segundo, descartando o que sobrou abaixo da linha da torneira? É isso mesmo? Um abraço e obrigado mais uma vez Monich!!!
    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas Sérgio.
      A maturação acontece em temperatura inferior a da fermentação.
      Serve para arredondar os sabores da cerveja.
      Você pode maturar no mesmo balde ou trocar de balde. Eu normalmente troco de balde. Assim já garanto que ela vá ficando mais límpida. Porém é importante sanitizar todo o equipamento para fazer a transfega da cerveja. Também é importante utilizar uma mangueira de silicone atóxico para essa transfega, evitando oxidação.
      Descarte o fundo do primeiro balde, ou veja como fazer para reutilizar essa levedura.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  24. Olá Monich! Parabéns! Seu Blog é ótimo!

    Comecei agora no mundo das cervejas caseiras e já fiz a minha primeira leva, uma Amareican Pale Ale que está carbonatando nesse exato momento.

    Adorei a sua receita e queria muito reproduzir, mas tenho algumas duvidas.

    Eu tenho um equipamento para fazer 30 litros. tentei colocar sua receita no BeerSmith mas não consegui redimensionar. Você teria o arquivo do software para me mandar e eu tentar redimensionar isso (e aprender a mexer nele)

    Queria acrescentar um toque cítrico, com cascas de laranja e algumas sementes de coentro tb. Será que fica bom?

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nando, muito obrigado pelo acesso e pelos comentários.
      Sem dúvida é possível ajustar a receita no BeerSmith mantendo os parâmetros da receita e corrigindo conforme o tamanho do Lote.
      Envie e-mail para marcelo.ricardo.monich@gmail.com que envio o arquivo do Beer Smith pra você.
      Se não me engano coloquei também essa receita na nuvem.
      Dá uma olhada lá.

      Excluir
  25. Olá Monich, tudo bem?!
    Estou com mais uma dúvida. No Beer Smith, a quantidade de fernento é expressa como 1 pkg, por exemplo. Um pkg seria por acaso um pacote de fermento? Eu percebi nas lojas que vendem insumos que o pacote de fermento vem com aproximadamente 11 gramaa. Independente da quantidade de cerveja em litros que simulei no Beer Smith, a quantidade de fermento é sempre a mesma, ou seja, 1 pkg. Seria um pacote de fermento mesmo? É isso mesmo Monich? Grande abração.
    Att,
    Sérgio Clume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, muito bom dia e obrigado pelo comentário.
      Se você for utilizar levedura seca, 1 pacote é suficiente para até 30 litros de mosto.
      Se você fizer só 20 litros, utilize o pacote todo também.
      Se você fizer 40 litros, utilize dois pacotes.
      Qualquer dúvida, avise.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  26. olá monich, tenho muita vontade de começar a fabricar cerveja em casa do tipo weiss mas nem sei por onde começar, sabe onde compro os insumos , os instrumentos :? penso em fazer os instrumentos para sair mais barato
    desde ja obrigado
    thiago santana
    email_ tatubrs@live.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, muito obrigado pelo acesso e comentário.
      Sem dúvida podemos lhe ajudar e realmente sai bem mais barato se você adaptar os equipamentos em casa mesmo.
      Para facilitar as sugestões é importante saber em qual cidade você mora. Assim direciono você para o que tiver mais perto.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  27. Oi Monich muito obrigado mais uma vez pela resposta e ajuda!!! Vou botar a mão na massa agora mesmo. Quando ficar pronta, aviso vc como foi o resultado! Grande abração!!!
    Att,
    Sérgio Clume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Sérgio, trabalhoso mas não é difícil.
      Vai avisando como está ficando e se precisar de algo, avisa aí.
      Um abraço e saúde.
      Monich

      Excluir
  28. Olá Monich, tudo bem?! Sou eu de novo, rsrs!!! Eu fiz minha primeira brassagem de cerveja de trigo! Para a primeira vez, acho que ficou boa, mas com certeza tem muita margem pra melhorar. O sabor e a cor ficaram legais, lembrando realments uma cerveja de trigo, mas na minha opinião ela ficou um pouco rala e com baixo teor alcóolico. O OG foi1,017 e o FG foi 1,012. Acho que duas coisas podem ter influenciado nesse resultado: um foi que eu coloquei um pouco de água a mais q a receita pedia, e o outro, eu acho que não quebrei os grãos o suficiente para extrair o conteúdo de forma eficiente. Por isso, na minha opinião, ela ficou um pouco rala e sem muito alcóol. Mas o sabor e a cor ficaram bons. A cor ficou linda, do jeito que eu queria mesmo. Hoje eu fiz minha segunda brassagem de cerveja de trigo, e procurei corrigir aqueles erros que comentei. Coloquei a quantidade exata de água e moí bastante os grãos. Visualmente o mosto ficou mais escuro, indicando estar mais concentrado. E eu medi a densidade. Desta vez ficou em OG 1,030. Queria que tivesse ficado em 1,050. Mas tudo bem. Vamos ver qual será a FG no dia de engarrafar. Tomara que dê um teor alcóolico maior desta vez. Gostaria de fazer uma pergunta. A primeira brassagem eu fiz o priming usando açúcar comum. Desta vez agora eu queria experimentar o açúcar mascavo como priming, a fim de ter um pouco mais de doce no final do paladar da cerveja. Mas quanto eu utilizo? Com o comum eu uso 300 gr de açúcar comum para 300 ml de água. Qual seria a quantidade pro mascavo? Porque eu vi num site dizendo que para cada tipo de açúcar, a quantidade usada era diferente. Outra pergunta e última. Posso usar o malte Pale Ale? Eu li que ele dá um sabor mais adocicado e caramelado na cerveja. É verdade? Eu posso usar os dois, açúcar mascavo e malte Pale Ale? Não vai ficar doce demais não? Ou eu uso só um?!!!
    Grande abraço e boa noite!!
    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Sérgio, que bom que já está conseguindo beber a sua própria cerveja. Realmente OG 1,017 é muito baixa. OG de 1,030 é bom mais ainda precisamos melhorar. Se você puder, envie para o meu e-mail marcelo.ricardo.monich@gmail.com a sua receita e o seu processo de brassagem (temperaturas e tempos). Esses itens interferem em sua eficiência. A quantidade de maltes, a moagem, a temperatura e tempos de rampa.
      Quanto ao primming você pode utilizar sim açúcar mascavo, sem problemas. Também pode utilizar o malte Pale Ale mas a cerveja vai ficar um pouco mais escura e com leve gosto caramelado, claro, dependendo da quantidade de malte que você utilizar. Se você deseja que a cerveja fique um pouco adocicada, a melhor solução é ajustar as rampas e utilizar menos lúpulo. Veja, se você espera uma OG de 1,050 e utiliza a quantidade de lúpulos para uma OG de 1,050 mas tem uma OG real de 1,030 e não ajustou a quantidade de lúpulos. A cerveja acaba ficando desequilibrada. Nesse caso, mais amarga do que deveria. O desafio é sempre fazer uma cerveja equilibrada entre o dulçor do malte e o amargor do lúpulo. Envie as informações por e-mail que vamos trocando mais informações.
      Um abraço e saúde.
      Monich

      Excluir
  29. Bom dia, Monich. Esse post é só pra agradecer pela receita. Diferente da sua Belgian Golden Strong Ale, que eu fiz com pequenas alterações, essa eu repeti quase igual e ficou maravilhosa. A única diferença foi a temperatura de fermentação. Como o fabricante do fermento recomendava acima de 23ºC pra aroma de banana e abaixo de 22ºC pra aroma de cravo, eu chapei em 24ºC, pois não curto muito o cravo. Ficou com uma presença muito marcante de banana. Eu adorei, mas minha mulher achou "bananoso" demais. Em breve, farei uma próxima, fermentando a exatos 22ºC, pra ver se chego num meio termo. Mas de resto, ficou indefectível. Dá pra ganhar medalha em concurso com essa cerveja. Está de parabéns! Grande abraço. Filipe.

    ResponderExcluir
  30. Pô Filipe, MUITO obrigado pelo comentário.
    Fico muito contente que o resultado tenha sido bom.
    Independente da receita a cerveja fica boa pela mão do cervejeiro.
    Então, parabéns pelo esforço, dedicação e cuidado.
    Saúde e ótimas cervejas sempre.
    Um abraço.
    Monich

    ResponderExcluir
  31. Fala parceiro! Estou doido pra fazer uma leva desta receita, só tenho uma dúvida.
    Comprei o fermento da wyeast, pois sou maluco para fazer uma breja semelhante a Weihenstephaner. Para conseguir o aroma de banana, basta fermentar acima dos 22, inclusive com este fermento?

    E vi pela foto que a breja ficou bem turva, teria algo a fazer para torná-la mais leve?

    Abraço e parabéns pelo blog e receita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nelio, muito obrigado pelo comentário e pelo acesso.
      Com esse fermento deve ficar melhor ainda. Também já estou me preparando para a próxima leva ser com ele.
      Quanto a temperatura de fermentação para banana é isso mesmo.
      Normalmente as cervejas de trigo são turvas, porém fazendo uma maturação de, pelo menos, mais dois dias em temperatura baixa (1 gau C) já irá fazer ela ficar BEM limpinha.
      Tenta aí e depois diz como ficou.
      Se precisar de algo, avisa.
      Um abraço e Saúde.
      Monich

      Excluir
  32. Boa tarde Monich, achei bem interessante e vou produzir uma leva com sua receita pois parece ótima, queria lhe perguntar você já fez essa receita utilizando outro fermento por exemplo o S-04? Se sim foi o resultado obtido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, muito obrigado pelo comentário e acesso.
      Não utilizei o S-04 ainda não.
      Toda experiência é bem-vinda, mas lembre-se de que algumas características da cerveja virão especificamente do tipo de levedura. Por exemplo o cravo e a banana.
      Se fizer a experiência, conta aqui como ficou.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  33. Boa tarde monich!
    Comprei os ingredientes para fazer essa cerveja no entanto faltou 100g do malte caraaroma que na hora da compra me confundi!
    essas 100g a menos irá impactar muito no resultado final da cerveja?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samara, tudo bem com você?
      Obrigado pelo acesso e pelo contato.
      Veja que, para o malte caraaroma, uso somente 20 gramas.
      Você pode fazer sem esse malte, sem problema.
      O objetivo dele, na minha receita, é só dar um pouco de cor, mas você pode fazer sem ele. Vai ficar mais com cara de Weiss mesmo.
      Depois posta aqui como ficou.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
    2. Ola, Monich, na realidade eu havia entendido 20 gramas e comprei a quantidade certa mesmo, quando os ingredientes chegaram ao conferir a receita eu vi 200 gramas e me desesperei rs! Vou fazer a minha hoje, depois posto o resultado aqui. Obrigada

      Excluir
    3. Oi Samara, perfeito.
      Espero que você goste do resultado.
      Saúde!
      Monich

      Excluir
  34. Boa noite monich, estou indo para terceira produção e tenho mais 3 pra fazer e sempre fermentei os 20 lts em balde de 22lts,gostaria de saber se posso separar os 20 litros em dois baldes de 15 lts..
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tales, bom dia.
      Sem dúvida você pode dividir sua produção para fermentar em dois baldes, sem problemas.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  35. Parabéns pela receita! Vou fazer minha primeira brasagem e resolvi adotar sua receita por estar bem didática!! Mas meu equipamento é para 40L e eu gostaria de fazer logo os 40L. Qual seria a proporção dos ingredientes nesse caso? Obrigado amigo!

    ResponderExcluir
  36. Olá Munich.
    Lhe enviei um e-mail pedindo q me fosse enviado alguma apostila ou manual de como se fabricar uma cerveja de trigo, logicamente se você possuir um.
    Passo a passo da fabricação, materiais usados e onde pode ser comprado via internet.
    Gostaria que você me respondesse o e-mail, pois ja faz um tempo que lhe mandei e sou um apreciador da cerveja artesanao.
    Gostaria de fazer a minha própria cerveja.
    Muito obrigado.
    e-mail: diogohenriqueximenes@gmail.com

    Att Diogo Ximenes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diogo, muito obrigado pelo acesso e comentário.
      Desculpe pelo atraso nas respostas.
      Deu tudo certo na sua produção?
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  37. Bom dia, fiz minha primeira brassagem e foi exatamente de weiss, creio que segui todas as recomendações corretas, a densidade original ficou em 1050, só que resolvi provar um pouco e estava muito amarga, isso é normal? O sabor muda com a fermentação e a maturação? Desde ja muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omar, obrigado pelo acesso e comentário.
      Desculpe pela demora nas respostas.
      Normalmente a cerveja, após a fermentação, tende a ficar mais ácida e menos doce. Então, realmente não deveria estar apresentando tanto amargor assim antes da fermentação. Principalmente considerando que é uma Weiss. Qual lúpulo, em que quantidades e tempos inseriu na fervura?
      Já ficou pronta?
      Como ficou?
      Um abraço.
      Monich

      Excluir
  38. Muito bom o blog, e a iniciativa de ajudar a gente q tá começando. tks!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, obrigado pelo acesso e comentário.
      Se precisar de algo, estamos por aqui.
      Um abraço.
      Monich

      Excluir